Blog da Afam Consultoria

Convença seu gestor a valorizar o EPI

Atualizado: 22 de Out de 2019

Argumentos para melhorar a Segurança e Saúde Ocupacional de sua empresa.

O Equipamento de Proteção Individual (EPI) é a última fronteira antes de um acidente de trabalho, a última chance de evitar uma tragédia em sua empresa. Ainda assim, é comum encontrarmos gestores que negligenciam esse tão importante componente da Segurança e Saúde Ocupacional (SSO).


Escrevo esse artigo para municiar você de argumentos e posturas para convencer seus gestores de que EPI é, além de uma obrigação, uma prevenção simples contra danos complexos, com potencial para até fechar a empresa.


Juntos, você e seu gestor podem lembrar e reforçar a todos que a legislação brasileira deixa bem claro, no artigo 157 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que é de responsabilidade das empresas cumprir e fazer cumprir as normas de medicina e segurança do trabalho.


Em outras palavras, uma empresa que não respeita a obrigatoriedade dos EPIs pode sofrer multas e sanções administrativas estipuladas na Norma Regulamentadora nº 28 (NR 28 - Fiscalização e Penalidades), com base nos itens descritos na NR 6 - Equipamento de Proteção Individual (EPI). Multas e processos trabalhistas são completamente evitáveis, por isso, é obrigação da alta direção assim fazer.


Do ponto de vista operacional, um acidente de trabalho atrapalha a produtividade da empresa. Além de, muitas vezes, exigir paradas de linha para os primeiros socorros, há o abalo emocional das demais pessoas que presenciaram o ocorrido. A empresa, assim, deve contratar um substituto e arcar com o salário integral nos primeiros 15 dias de afastamento. Caso a vítima precise de mais tempo e do auxílio-doença, ela ganha 12 meses de estabilidade provisória após seu retorno.


Depois desses argumentos financeiros e morais, é importante você dar o exemplo, mostrar que faz o que fala. Dessa forma, passe a circular sempre com o EPI obrigatório em cada área. É também fundamental deixar em dia o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - NR 7) e o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - NR 9). Além de obrigatórios, esses documentos legitimam a adoção correta de EPIs.


Eu tenho certeza de que com argumentos plausíveis e documentos atualizados que embasam decisões, você será capaz de convencer seus superiores a enxergarem a Segurança e Saúde Ocupacional como um passo para a formação de cultura baseada na gestão pelo comportamento e ganhos financeiros. Curta a página da Afam Consultoria no Linkedin para receber as atualizações de nosso blog. Até breve!

ATENDIMENTO

Segunda a sexta

8h às 17h

TELEFONES

+55 (11) 4220-2500

+55 (11) 4318-5852

+55 (11) 98272-8929

E-MAIL

ENDEREÇO

Alameda João Galego, 174
São Caetano do Sul – SP
CEP 09560-340

CONECTE-SE CONOSCO

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn