Blog da Afam Consultoria

HPC 420 Segurança e Qualidade dos Produtos Saneantes e de Higiene Pessoal



A segurança e a qualidade dos produtos saneantes e de higiene pessoal (sigla em inglês: Home and Personal Care – HPC) é uma preocupação global.

A globalização da produção e a aquisição destes produtos pela grande maioria da população, desperta em todos, a grande preocupação pelo fornecimento de produtos seguros e de qualidade.

Não é por a caso que a legislação brasileira possui através da ANVISA a RDC-48:2013, que aprova o Regulamento Técnico de Boas Práticas de Fabricação para Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes e a RDC-47:2013 que aprova o Regulamento Técnico de Boas Práticas de Fabricação para Produtos Saneantes.

Dentro do âmbito dos sistemas de gestão, a Foundation HPC 420 (sede em Gorinchem, Stephensonweg 14, 4207 HB, Holanda) possui o padrão de gestão HPC 420: Global Safety and Quality Management System Certification Scheme for Home, Laundry & Personal Care Products.

Trata-se de um padrão global com esquema de certificação de terceira para sistemas de gerenciamento de segurança e qualidade de produtos saneantes e para higiene pessoal.

O HPC-420 é composto pelas normas ou padrões:


· BSI PAS 420:2014, Product safety management system for the manufacturing of home and/or personal care products and the raw/packaging materials used for their manufacture.

· Norma ISO 9001:2015: Sistema de Gestão da Qualidade – Requisitos.

· Norma ISO/IEC 17.025:2005: Requisitos gerais para a competência de laboratórios de ensaio e calibração.


Dentro do escopo do HPC-420, existem documentos que abrangem as seguintes áreas:

· a fabricação de produtos de cuidados com a casa (saneantes, domissanitários como por exemplo: - detergentes, amaciante de roupas, pastilhas para lavar louça etc).

· a fabricação de produtos de higiene pessoal (por exemplo, shampoo, batons, almofadas de algodão, sabonete).

· a fabricação (bio) química (ingredientes de HPC, por exemplo, vitaminas, aditivos e bioextratos.

· a fabricação de embalagens de produtos HPC (por exemplo, contato direto e indireto com os produtos HPC).


Será na fabricação de embalagens para produtos HPC que iremos envidar nossos esforços daqui por diante.


A FSSC 22000 apoiou um projeto para desenvolver um módulo de embalagem de não alimentos (HPC 420). Este projeto foi iniciado a pedido da Procter & Gamble (P&G) e ALPLA.

O módulo de embalagem de não alimentos (HPC 420) foi elaborado por um grupo de trabalho FSSC 22000- P&G com base em um conjunto de requisitos fornecidos por membros do iCompliance (*) e deve ser usado em combinação com FSSC 22000.


Ao aplicar o Módulo, os processos de fabricação de alimentos e não alimentos são cobertos pela certificação.

Existe agora um módulo adicional que cobre os requisitos HPC 420 (não alimentares) que não são cobertos pelo FSSC 22000.

O FSSC 22000 incluindo o Módulo pode ser usado para auditar um local de fabricação de embalagens que fabrica materiais de embalagem de alimentos e não alimentos.



Temos então a oportunidade de certificar empresas fabricantes de embalagens em FSSC 22000 (embalagens para fins alimentares) e HPC-420 (embalagens para fins não alimentares).

(*) Uma associação entre a Fundação HPC-420 e à Foundation for Strategic Sourcing, F4SS para definir um padrão único de auditoria para se evitar múltiplas auditorias quando se trata de sistema de gestão da qualidade e segurança de produto para Home Care.


https://www.hpc420.com/hpc-420-standard/