Blog da Afam Consultoria

  • Josi Ane Maia

Normas e Procedimentos de Food Quality

Atualizado: Abr 24

As principais publicações que norteiam o Food Quality

Atualmente, a engenharia está num nível muito avançado em relação à segurança dos alimentos. Ao longo dos anos, práticas foram criadas e testadas. Algumas sucumbiram frente à realidade e foram descartadas; outras, mostrando eficácia e eficiência, foram multiplicadas, aperfeiçoadas e documentadas em normas. Esse campo é chamado de Food Quality.


Há na indústria instituições e documentos globais que visam garantir essa padronização de boas práticas de segurança dos alimentos. Assim, o Food Quality representa mais um quadrante na Matriz de Riscos dos Alimentos.


A International Organization for Standardization tem a série de normas ISO 22000. Elas estão em sua edição 2018, e permitem às organizações viabilizar um Sistema de Gestão de Segurança dos Alimentos nos moldes de outras normas, como a ISO 9001. Na prática, a ISO 22000 é implementada como parte do esquema de certificação FSSC 22000.


O principal organismo mundial de colaboração para Food Quality e Food Safety é o Global Food Safety Initiative (GFSI), uma fundação sem fins lucrativos, gerenciada pelo The Consumer Goods Forum e criada em maio de 2000, após frequentes casos relatados sobre doenças veiculadas por alimentos. Uma das principais ações desta fundação é o reconhecimento de normas de certificação aceitas por grandes empresas da área alimentar.


O principal organismo mundial de colaboração para Food Quality e Food Safety é o Global Food Safety Initiative (GFSI). A GFSI é um coletivo de inúmeras pessoas e representantes de empresas de nome, que discutem a segurança dos alimentos através de programas, notícias, papers e eventos.


Uma das mais flagrantes atividades do GFSI é o reconhecimento público de normas avaliadas como benchmark mundial. É como se fosse uma padronizadora sobre as demais padronizadoras.


Dentre 11 programas de certificação em Food Safety, quatro merecem o destaque: FSSC 22000, BRC, SQF e IFS Food. A FSSC 22000, do inglês Foundation Food Safety System Certification 22000 é o mais adotado programa de certificação em Food Safety do Brasil. Nele, há especificações para Sistemas de Gestão de Segurança dos Alimentos e de Food Quality.


Atualmente, a FSSC 22000 está em sua quinta versão, e as empresas devem realizar a atualização de sua certificação até 29 de junho de 2021. Outra certificação importante é a BRC. Criada pelo Consórcio de Varejistas Britânicos, do inglês British Retail Consortiun (BRC), ela é reconhecida pela GFSI nas seções Food Safety, Armazenamento & Distribuição e Embalagens.


Outro programa reconhecido pela GFSI é o Safe Quality Food (SQF), que estabelece quatro partes: Fundamentos, Programa de Food Safety, Programa de Food Quality e Programa de Recursos Éticos, que inclui responsabilidade social, preservação ambiental e boas condições de trabalho dos fornecedores.


Por último, mas não menos importante, a IFS Food é outra norma que merece destaque. Ela está em sua versão 6.1 e foca em segurança dos alimentos já processados, manuseados ou em sua embalagem primária.


Essas são as principais normas de Food Quality. A partir delas, outras se baseiam e/ou se formam, de acordo com especificidades locais, sempre em prol da segurança dos alimentos. Curta a página da Afam no Linkedin para receber as atualizações de nosso blog. Até breve!

ATENDIMENTO

Segunda a sexta

8h às 17h

TELEFONES

+55 (11) 4220-2500

+55 (11) 4318-5852

+55 (11) 98272-8929

E-MAIL

ENDEREÇO

Alameda João Galego, 174
São Caetano do Sul – SP
CEP 09560-340

CONECTE-SE CONOSCO

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn